A resposta dos sensíveis

Eliana Caminada
22 de setembro de 2015 às 18:51 ·

A resposta dos sensíveis
Um absurdo a declaração escrita pela senhora **** Lima na revista Dança & cia. sobre dança x educação física e antigos profissionais artistas. Sim, porque admitindo a colocação dela, figuras como Maria Olenewa, Vaslav Veltchek, Eugênia Feodorova, Tatiana Leskova, Nina Verchinina, Maryla Gremo – será que ela já ouviu falar de algum desses nomes paradigmáticos? – cabem dentro de suas acusações.
Ora, onde eles estavam, onde estávamos todos enquanto a educação física se organizava? Dançando, é claro. Somos anárquicos, dionisíacos; somos artistas, temos dificuldade de tratar de Leis, regulamentações, burocracia, etc. Diante de um espetáculo, nos mobilizamos totalmente em função dele: uns tratam de viabilizar financeiramente o espetáculo, outros estão ensaiando, terceiros estão cuidando da produção, etc. Os que nada podem mas amam a arte estão na platéia. Os insensíveis estão vendo atletas em artistas. Que existe professor ‘picareta’ de dança? Quem duvida disso? E na Educação Física não tem? Se médicos têm problemas c/ a categoria – e como existem erros médicos no Brasil – que a categoria se organize para não ficar desmoralizada; já imaginaram se a OAB resolvesse fiscalizar a medicina em nome de qualquer tipo de tese insensata? Dança é Arte, matéria de Ciências Humanas e Sociais, e Educação Física é da área de Ciências Biomédicas: parecer do Conselho Estadual de Cultura do Rio (Edino Krieger, Nélida Piñon, Caique Botkai, Beth Carvalho, José Lewgoi, Arthur Moreira Lima e outros). Senhora **** Lima, mais respeito ao se referir publicamente a profissionais pioneiros, brilhantes, ícones da dança no Brasil, como é o caso dos que lideravam a dança há 50 anos. Se sua formação foi realizada com professores que jamais lhe ensinaram nada, se foi obrigada a comer uma banana (por que banana?) ao longo de um dia de ensaios, se só conheceu pessoas antiéticas, lamentamos muito; procurasse melhor orientação. Foi o que fizeram meus pais quando manifestei vontade de estudar ballet. Declarações desse tipo são muito graves: merecem processo ou suscitam deboche.
Eliana Caminada

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: